31 de Agosto, 2016

Três dicas para se adaptar ao futebol mais físico dos EUA

Tayná Bandeira
O futebol universitário dos Estados Unidos possui uma característica muito particulares!

Preparação e dedicação são os segredos para te adaptares ao futebol mais físico dos Estados Unidos. Confere agora três dicas que te irão ajudar a ser um estudante-atleta cada vez mais profissional.

O futebol universitário dos Estados Unidos possui uma característica muito particular, e isso tem um grande impacto nos atletas recém-chegados ao país para jogar: o uso da força física.

Muito mais do que em Portugal, onde o jogo é mais pautado na parte técnica, nos Estados Unidos, desde as universidades até ao nível profissional, o jogo é de grande intensidade e exige muita força, que influencia também na velocidade da partida, que é bastante rápida.

Portanto, é muito importante o atleta estar bem-preparado fisicamente e trabalhar em alguns pontos, para que sua adaptação seja mais fácil.

1 – Faz trabalhos específicos de ganho de força na academia Toda a equipa universitária dos EUA conta com o fitness coach – o preparador físico, como chamamos em Portugal –, e eles sabem muito bem o que um atleta universitário precisa para ganhar força e melhorar a sua parte física. Pede auxílio e trabalha a dobrar. Além do treino diário com a equipa, pede para fazer sessões específicas na academia para o ganho de força.

2 – Cuida bem da tua alimentação Muitos atletas têm a ideia errada de que é preciso tomar suplementos para conseguir ganhar massa muscular considerável, e acabam deixando de tomar conta da parte mais importante: uma boa alimentação. Suplementação nada mais é que uma fonte complementar da alimentação de que o corpo precisa. Nos Estados Unidos, é muito fácil o atleta não manter uma alimentação apropriada, pela grande variedade de redes de fast foods que ainda não temos no Brasil, o que acaba por atrair muito o atleta/estudante internacional. Mas para aqueles que se querem realmente dedicar e ver melhorias nos seus resultados, também é muito fácil e barato manter uma alimentação apropriada e balanceada, que fará toda a diferença na hora de aumentar a massa muscular. Cuidar bem da alimentação é essencial. Evitar fast foods e procurar opções saudáveis de alimentação devem estar na lista de prioridades de todos os atletas. (Reprodução: www.saudesporte.com.br/)

3 – Foca-te na Off-Season (Spring Season) Off-Season (ou Spring Season) é o segundo semestre do ano letivo universitário, no qual os atletas de futebol apenas treinam, não disputam competições oficiais. Essa é a melhor época para realizar um trabalho específico de força, explosão e velocidade, o que irá ajudar muito na adaptação do atleta ao futebol mais físico. Por não estar a jogar numa competição, o atleta pedirá ao seu fitness coach o que eles chamam de Strengh and Conditioning Package, um plano específico de treino focado naquilo que é necessário para melhorar no seu jogo. Muitos atletas universitários fazem esse treino específico de ganho de força na Off-Season. Quando voltam para a temporada de competições do futebol, estão muito mais fortes e preparados para o jogo físico dos EUA, e acabam por fazer a diferença.

footer-top