13 de Março, 2017
como fazer cursos de pós-graduação ou mestrado com tudo pago pela própria universidade

Graduate Assistant

Nos EUA, é possível fazer os estudos pós-graduados sem ter que pagar propinas

Muitos estudantes-atletas, depois de se formarem e terminem a sua carreira como jogador universitário, têm o desejo de ficar um ou dois anos a mais na universidade para fazer um curso de pós-graduação e melhorar ainda mais o currículo.

Assim, tal como na licenciatura, em que o atleta recebe bolsas de até 100% para jogar e estudar, é possível fazer cursos de pós-graduação sem gastar nada, com tudo pago pela universidade (inclusive alojamento e alimentação).

Graduate Assistant
O Graduate Assistant, ou assistente técnico em graduação, é uma posição que praticamente todas as equipas universitárias oferecem. Trata-se de um assistente técnico da equipa que, em vez de receber um salário pela função que exerce, é pago com uma bolsa de estudos completa para um curso de pós-graduação. Geralmente, são aceites para a posição ex-atletas que tiveram uma carreira de sucesso na própria equipa, e que desejam trabalhar em algo relacionado com a área do futebol. Assim, estarão a tirar o curso que lhes dará a especificação teórica necessária, e aprendendo no dia-a-dia a parte prática junto da comissão técnica da equipa.

Porém, não é obrigatório que o atleta tire algo relacionado a desporto, e nem que tenha jogado pela própria universidade para ser aceite como graduate assistant. O atleta pode ter-se licenciado em engenharia e ter jogado por uma outra universidade e ser aceite na mesma para a posição. Há diversos motivos que farão o treinador querer contar com determinado atleta para a função. Não há regras. Mas como geralmente só há uma posição de Grad Assistant por equipa, o atleta que jogou pela universidade, que teve uma carreira vitoriosa com títulos e prémios, boas notas e um bom relacionamento com o treinador irá sempre ter vantagem na disputa pela vaga.

Jogar durante a pós-graduação
Uma outra opção (menos comum) que o estudante-atleta tem para ter o curso de pós-graduação todo pago pela universidade é integrar a equipa da universidade como atleta mesmo depois de licenciado. Não é algo muito comum pelo fato de o atleta ter apenas 4 anos para jogar e a duração do curso universitário ser de 4 anos também.

Essa opção acontece para aquele atleta que, por motivos diversos (notas, lesões, problemas com documentação) não pode jogar durante uma das 4 épocas em que jogou pela universidade. Nesse caso, o atleta já frequentou os seus 4 anos de licenciatura, mas atuou nos campos em apenas 3 deles. Portanto ele tem mais um ano de elegibilidade para jogar, e pode fazer isso com uma bolsa de pós-graduação.

footer-top