15 de Novembro, 2016
Como fazer para economizar no seguro de saúde e os requisitos que ajudam a escolher o melhor plano para cada atleta-estudante.

Como economizar no seguro de saúde obrigatório

Tayná Bandeira
Negociar o seguro saúde é uma grande chance de o estudante-atleta economizar.

Entre toda a papelada, documentação e preocupações que um atleta tem na hora de embarcar rumos aos EUA para jogar numa liga universitária, talvez o mais importante seja o seguro de saúde. O seguro de saúde – ou Health Insurance – é basicamente o plano de saúde internacional que o atleta deverá assinar para poder atuar pela liga universitária. É algo que deve ser feito antes mesmo de o atleta embarcar para os EUA, e sem o qual o atleta não pode sequer treinar pela universidade. Na grande maioria das universidades, é o próprio atleta quem deverá arcar com os custos do “health insurance”, pois até mesmo as faculdades que oferecem bolsas de 100% não incluem o seguro, já que é um serviço pessoal que o atleta tem que ter.

Como economizar
Por ser algo muito importante e que, se deixado a cargo dos estudantes-atletas, pode ocorrer algum erro, impedindo-os mesmo de participar nos treinos, as universidades incluem sempre na conta do estudante (no que ele terá que pagar por semestre) o valor do seguro. Única e exclusivamente, porque o plano oferecido pela própria faculdade é 100% seguro de se fazer, já que eles sabem que atende a todos os critérios exigidos pelo Estado, pela própria instituição e também pela liga universitária. Porém, esse seguro é geralmente muito mais caro do que um seguro avulso, por exemplo, feito por fora da universidade. Um semestre do health insurance da própria faculdade chega a custar mil dólares, enquanto que fazendo por uma companhia de fora, o seguro pode sair por cerca de 150 euros o semestre todo!

Onde fazer, como saber os requisitos e se o plano escolhido os atende
O plano tem que ser internacional. A maneira mais barata de fazer é em agências de viagem de Portugal, mas tem que ser de uma companhia que ofereça planos internacionais PARA ESTUDANTES. Existem várias. Para saber se o seguro e o plano escolhidos atendem aos critérios exigidos pela universidade, é imprescindível contactar a pessoa responsável pelo setor de admissão de alunos internacionais da faculdade, o “Admission counselor for international students”. É, na maioria das vezes, a mesma pessoa que troca e-mails com o atleta durante o período de admissão para pedir todos os documentos.

O que o atleta deve fazer, então, é procurar pelo plano de estudante internacional em qualquer agência de viagem, pegar numa cópia do formulário que mostra quais são os valores e serviços oferecidos e enviar para o profissional responsável pela admissão de alunos internacionais. Ele irá então avaliar se o plano cumpre com todas as exigências, e dará o ok para o aluno realizar o seguro por fora da faculdade. Estando tudo em conformidade, o aluno terá uma economia gigante durante todos os semestres.

footer-top